sábado, 19 de janeiro de 2019

Religião

Comunidades encerram festas de São Sebastião

Neste domingo, 20 de janeiro, diversas comunidades farão o encerramento da Festa de São Sebastião, padroeiro desses lugares.

No Rio Grande do Norte, as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado,  no Oeste, e Parelhas, na região do Seridó, realizam os atos de encerramento da festa que celebra São Sebastião.

A nível de Brasil, o Rio de Janeiro é a cidade mais conhecida que tem o santo como seu padroeiro.

Planos

Governo propõe consórcios de saúde com prefeituras
Da Redação do Portal No Ar
A governadora Fátima Bezerra reuniu a equipe de gestores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e parte do secretariado para discutir as ações de Governo no reforço, dentre outros pontos, do processo de regionalização da saúde em todo o Rio Grande do Norte e ações de curto prazo para racionalizar recursos e pessoal no atendimento à população.
Um dos planos apresentados pelo secretário Cipriano Maia, em conjunto com o secretário-adjunto Petrônio Spinelli e a coordenadora de planejamento da Sesap Márcia Pellense, é a criação de consórcios de saúde pública junto às prefeituras.
s parcerias de âmbito regionais pretendem incluir também as instituições de ensino superior, em coordenação com a Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern). “Vamos dialogar com as universidades, através do Fórum de Reitores, para aprofundar esse processo de regionalização da saúde. Também vamos incluir a Fapern neste diálogo”, destacou a governadora.
Dentre as ações de curto prazo, a Sesap já iniciou as tratativas para a retomada das cirurgias eletivas em Mossoró, através de negociações com a prefeitura na próxima semana. A governadora determinou prioridade para resolver a questão e reiniciar as cirurgias que atendem a população da região Oeste Potiguar. “Estamos em um processo de racionalização dos recursos, trabalhando para melhorar o atendimento à população”, complementou o secretário Cipriano Maia.
O titular da Sesap ainda apresentou à governadora os encaminhamentos do processo para fechar o modelo de gestão do Hospital Central Coronel Pedro Germano, o Hospital da PM, em Natal. A unidade de saúde conta com 130 leitos, incluindo UTI adulto e neonatal, e um centro cirúrgico com sete salas de cirurgia. A programação de trabalho da Sesap aponta que ainda no 1º trimestre de 2019 o novo formato de gestão será pactuado e o hospital colocado em pleno funcionamento.
A reunião também contou com a participação dos secretários Raimundo Alves (Gabinete Civil), Aldemir Freire (Planejamento e Finanças) e Virgínia Ferreira (Administração e Recursos Humanos), além do deputado estadual Fernando Mineiro, que assumirá a Secretaria de Gestão de Projetos e Articulação Institucional a partir de fevereiro.
Fonte: www.portalnoar.com.br

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Reflexão


Saudade, repentinamente maior

De repente fui tomado por uma saudade sua em proporção maior, mais intensa, mais profunda. Num dado momento, senti demasiadamente a sua falta, seu colo, sua palavra.

Cenas e mais cenas de uma vida povoaram meu pensamento. Lembrei-me de muitos fatos, desde minha tenra idade até quando a senhora me deixou, já adulto.

Descobri que o menino que recebia seus cuidados havia crescido, mas continuava necessitando de seus cuidados.

Compreendi agora o real sentido de uma frase que a senhora sempre usava, e que às vezes eu até ignorava. Diante de algum sufoco da vida, ou de algum momento triste, dizias em tom de lamento: “Ah! Se eu tivesse minha mãe...”

Nesses dias, festejamos o nascimento de Jesus Cristo e já nos preparamos para receber o novo ano. Veio-me também, nesse instante, o remorso indicador de mea culpa, de que eu poderia ter ficado mais tempo com a senhora, principalmente nessas datas.

Nem sempre a senhora me expressava ternura. Muitas vezes me dirigia palavras duras, tom mais grosso, reprimendas mais severas. Descobri, porém, que ternura de mãe nem sempre se faz acompanhar de ternura de fato, nos moldes que conhecemos ou esperamos. Mesmo quando não a demonstra, uma mãe tem sempre ternura. É sentimento peculiar às mães.

Dos afagos que me fazia, o de cobrir-me à noite, durante um sono, com um lençol surrado, adequado à nossa pouca condição financeira, é um dos que mais sinto falta. Era um gesto simples, do qual, não sei por que razão, lembro-me com tanta saudade. Trazia-me a sensação de estar protegido, amado, cuidado.

O caminhar da idade me deixa cada vez mais sentimental, de coração mais “frouxo”, de sensibilidade mais à flor da pele. Talvez isso explique muito o porquê de hoje ter sentido mais profundamente a sua falta.

A saudade chega com um caminhão de culpas que acho que tive. Penso que poderia ter feito mais, ter lhe retribuído melhor todo o bem que a senhora me fez. E por isso sempre lhe peço desculpas, na presença de Deus, silenciosamente.

Silenciosamente, choro. De saudade.

Vim fazer do choro, consequência da saudade, um pouco do que insististes tanto para que eu fizesse: escrever!

Busquei transformar essa saudade – incontida, agora – numa singela homenagem à sua memória.

Sinto orgulho de ainda ser visto por muitas pessoas – senhoras, principalmente – como “o menino de Maria do Junco”. Vez por outra sou identificado por esse “sobrenome”. E como isso me traz alegria!

Dei-lhe três netos. E eles se parecem demais comigo, que me pareço demais com a senhora, apesar dos traços fortes de meu pai, de quem também sinto saudade, apesar da pouca convivência.

Sua neta mais nova, Maria Rita, tem muito da senhora: do físico e do gênio, ou do jeito de viver.

Enfim, antes que as ideais se misturem mais, muito por causa da emoção que me toca, quero apenas lhe dizer que hoje, mais do que nunca, senti sua falta. Hoje, mais do que nunca, senti saudade.

Alcimar Antônio de Souza

sábado, 8 de dezembro de 2018

Direito e Cidadania

Telefônicas e instituições financeiras cometem "novo" tipo de abuso contra consumidores

O uso do telefone celular traz inúmeras vantagens ao usuário. Problemas podem ser resolvidos através de uma rápida ligação telefônica ou mesmo por meio de algum aplicativo que tem uso vinculado ao celular, ou junto a ele.

O problema ocorre quando o consumidor perde o sossego com chamadas indesejadas, repetidas várias vezes ao dia, de quem ele não pretende receber.

Infelizmente é isso que vem ocorrendo com frequência, com abrangência junto a uma gama enorme de consumidores.

As companhias que exploram o serviço de telefonia móvel, através de suas centrais especializadas, telefonam insistentemente para consumidores, ofertando planos, serviços, promoções, tarifas especiais, etc.

Nesses casos, os consumidores têm até dificuldade para encerrar as chamadas, diante da insistência dos vendedores de tais companhias, que querem empurrar de qualquer jeito um produto que os consumidores na maioria das vezes não desejam adquirir.

A grande novidade tem sido as ligações insistentes de instituições financeiras, ou de créditos. São muitas as que dia-a-dia aborrecem consumidores, oferecendo-lhes serviços, produtos, etc.

E essas ligações não são apenas para quem já é cliente-consumidor ou correntista de tais instituições de crédito. Destinam-se a muitos consumidores, indistintamente, clientes ou não de quem origina as chamadas.

A situação ficou tão chata que os consumidores até já sabem quais números são provavelmente de telefônicas ou de instituições financeiras, e já se antecipam rejeitando tais chamadas.

Na relação inversa, se for algum consumidor que telefone para empresas de telefonia ou instituições de crédito, ele terá que ouvir muita musiquinha enfadonha e digitar muitos números até, com muita sorte, conseguir falar com algum atendente, que ainda assim dificilmente resolverá seu problema sem antes enrolar, insistir, passar a chamada para outro setor, etc.

E ainda existem as ligações oriundas do sistema prisional...

sábado, 24 de novembro de 2018

Cultura e fé

Companhia messiense apresentará mais um Auto de Nossa Senhora das Graças

A Festa de Nossa Senhora das Graças, padroeira de Messias Targino, chegará ao seu final no dia 27 de novembro (próxima terça-feira).

No dia do encerramento haverá procissão pelas ruas da cidade e missa na Capela de Nossa Senhora das Graças.

Além desses atos religiosos, também acontecerá no dia 27 a apresentação do espetáculo Auto de Nossa Senhora das Graças, de responsabilidade da companhia artística Sertão Alegre, formada por jovens de Messias Targino.

A peça teatral será apresentada logo após a Santa Missa de encerramento, no adro da Capela de Nossa Senhor das Graças.

Em 2018 o Auto de Nossa Senhora chegará à sua quinta edição, e contará com a participação de vinte atores e atrizes, que são crianças e jovens, segundo informou ao Blog Jocielma Silva, coordenadora do grupo Sertão Alegre.

Para este ano, o texto do Auto de Nossa Senhora é da professora e escritora messiense Margarida Barbosa.

Nessa edição, segundo a coordenadora Jocielma, o Auto contará a história de construção da Capela de Nossa Senhora das Graças, destacando a ação de diversos messienses que contribuíram decisivamente para a edificação da Igreja.

Jovens mantém o grupo Sertão Alegre com trabalho voluntário e doações

O grupo Sertão Alegre, que, segundo a sua coordenadora Jocielma Silva é "uma companhia de teatro, dança e diversidade cultural", antes contava com o apoio da Visão Mundial, uma organização não-governamental que atuava em vários Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte, inclusive em Messias Targino.

Agora, mesmo sem o apoio da referida entidade, o grupo segue a sua caminhada.As crianças e os jovens que dele fazem parte dedicam-se voluntariamente às atividades da companhia e recebem o apoio, na forma de doações, de pessoas, empresas e entidades da comunidade messiense.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Ciência e Tecnologia

Desmatamento na Amazônia cresce 13,7% e atinge pior marca em dez anos
Jornal do Brasil
O governo do presidente Michel Temer encerra seu ciclo com um aumento expressivo nos índices de desmatamento da Amazônia, registrando o pior volume de devastação na região nos últimos dez anos. Dados oficiais do governo apontam uma expansão de 13,7% no desmate da região amazônica no período de agosto de 2017 a julho de 2018, quando comparado com o mesmo ciclo anual anterior. Ao todo, a remoção total da vegetação (corte raso) na Amazônia atingiu 7.900 km², uma área equivalente a mais de cinco vezes a capital de São Paulo.
Trata-se da maior área devastada desde o ciclo de 2007/2008, quando 12.911 km² foram desmatados. Os dados são apurados pelo sistema de monitoramento da Amazônia, o Prodes, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O crescimento na taxa de desmatamento frustra os resultados de queda do período anterior, entre agosto de 2016 e julho de 2017, quando o governo comemorou um recuo de 16% nessas ocorrências, com 6.947 km² desmatados.
No ano passado, o governo comemorou a "tendência de queda" nos índices. Nos dois ciclos anteriores - agosto de 2014 a julho de 2015 (6.207 km²); e agosto de 2015 a julho de 2016 (7.893 km²) - houve aumento nas taxas de desmatamento, com altas de 24% e 27%, respectivamente.
Os Estados que apresentaram os valores mais elevados de desmatamento foram Pará (35,9% do total), Mato Grosso (22,1%), Rondônia (16,7%) e Amazonas (13,2). O governo procura relevar o resultado ruim, ao observar que o desmatamento de 2018 corresponde a uma redução de 72% em relação à área registrada em 2004, quando 28.772 km² foram desmatados, a maior perda florestal registrada no século 21.
O mapeamento se baseia em imagens de satélite para registrar e quantificar as áreas desmatadas maiores do que 6,25 hectares. Foi considerado como desmatamento a remoção completa da cobertura florestal, independentemente da futura utilização dessas áreas.
Fiscalização
No ciclo 2017/2018, o Ibama aumentou o número de autuações em 6%. As áreas embargadas na região tiveram ampliação de 56%, o volume de madeira apreendida cresceu 131% e a apreensão de equipamentos, alta de 183%, em relação ao período anterior.
Em unidades de conservação ambiental fiscalizadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), aumentaram em 40% as autuações, 20% as áreas embargadas e 40% as apreensões de madeira e equipamentos. Como o desmatamento ilegal muitas vezes está associado a outros crimes, como lavagem de dinheiro, tráfico de armas, drogas e animais e trabalho escravo, a Polícia Federal instaurou 823 procedimentos criminais no período.
O ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, não deu entrevista sobre os resultados. Por meio de nota, Duarte declarou apenas que "o recrudescimento do crime organizado que atua no desmatamento ilegal da Amazônia, destruindo as riquezas naturais do país e causando danos para toda sociedade, está associado a outras práticas criminosas, como tráfico de armas e animais, trabalho escravo, evasão de divisas e lavagem de dinheiro".
Segundo o ministro, além de intensificação das ações, é preciso "ampliar a mobilização de todos os níveis de governo, da sociedade e do setor produtivo no combate aos ilícitos ambientais e na defesa do desenvolvimento sustentável do bioma".
Fonte: www.jb.com.br.

Quermesse

Festa da Padroeira messiense terá leilão beneficente

Neste sábado, 24 de novembro de 2018, a Festa de Nossa Senhora das Graças, padroeira de Messias Targino, terá na sua programação social e cultural, o tradicional leilão beneficente, com renda a ser revertida para a Capela de Nossa Senhora das Graças.

Depois da novena, no Largo Catequista Maria José de Souza, os presentes novamente viverão um dia de quermesse tradicional, e muitas vezes ouvirão o leiloeiro gritar ao microfone o conhecido "dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três, e o brinde do leilão vai para...".

O leilão em prol da Capela de Nossa Senhora das Graças é sempre um dos pontos altos da programação cultural da Festa, sendo a mais genuína atração da sua programação sócio-cultural.

Os produtos que vão a leilão são doados por pessoas diversas, desde os cidadãos comuns até políticos, comerciantes e empresários de Messias Targino e da região.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Agora RN

Governo suspende repasses para centros de atendimento à saúde mental do RN
Em decisão publicada no Diário Oficial da União, o Ministério da Saúde decidiu suspender repasses financeiros para três unidades de Centro de Atenção Psicossocial (Caps) no Rio Grande do Norte. O serviço residencial terapêutico em Natal também teve repasse de recursos suspensos.
De acordo com a publicação do órgão, a suspensão dos recursos têm motivação pela “ausência de registros de procedimentos nos sistemas de informação do SUS”. As unidades afetadas se encontram em Mossoró, Parnamirim e Baraúna.
Em Mossoró, a unidade afetada foi a UBS Dr. Paulo Jansem Dantas, com custeio anual de R$ 477.360,00. Já em Parnamirim, o Caps Básica Abrassa, com custeio anual de R$ 397.035,00, teve seu repasse de recursos suspensos. Por fim, no município de Baraúna, o Caps José Vitalino com custeio anual de R$ R$ 339.660,00, também foi afetado.
Além disso, teve repasse suspenso o serviço residencial terapêutico que funciona em Natal, com capacidade para 9 pessoas, cujo custeio anual é R$ R$ 216 mil.
O Ministério da Saúde concedeu um prazo de seis meses para que os registros sejam regularizados. Caso isso seja feito, os repasses poderão ser restabelecidos; caso não seja, as unidades potiguares ficarão de fora dos repasses do Sistema Único de Saúde (SUS).
Quadro nacional
Pelo Brasil, 319 unidades do Caps foram afetadas pela decisão do Ministério da Saúde. Serviços Residenciais Terapêuticos, Unidades de Acolhimento e leitos de saúde mental em hospitais gerais também fazem parte do grupo de entidades com repasses suspensos.
Sobre os Caps
Os Centros de Atenção Psicossocial foram criados em 2002 com o objetivo de garantir atendimento a pacientes com transtornos mentais ou dependências químicas. O tratamento é realizado por meio de atendimentos individuais, que consistem em uso de medicamentos e terapias, ou em grupos.
Fonte: Agora RN via www.messiasonline.blogspot.com

Novo endereço

Município vai transferindo Secretarias para prédio da antiga Creche em meio a reforma

Ainda é fato recente a inauguração da nova sede da unidade de ensino infantil do Município de Messias Targino, a Creche Municipal Maria Cândida, ocorrida na atual gestão da prefeita Shirley Ferreira Targino Maia.

O novo prédio está localizado na Rua Manoel Fernandes Jales, Bairro Lagoa do Junco, praticamente no início da zona urbana messiense.

Com isso, o prédio que abrigava a antiga Universidade Infantil Elza Jales passou a ficar sem utilidade.

Porém, a prefeita Shirley Ferreira Targino e o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos Arthur de Oliveira Targino logo cuidaram de dar ao local uma destinação útil e proveitosa à Administração Municipal.

No prédio da antiga Creche Municipal, estabelecido numa das extremidades da Rua Miguel Arcanjo de Almeida, a Prefeitura de Messias Targino iniciou uma reforma objetivando instalar no local o seu Centro Administrativo, onde funcionarão diversas Secretarias. 

A reforma continua em andamento, estando num estágio bastante avançado, mas não foi preciso esperar o seu término para que algumas unidades administrativas municipais fossem transferidas para o "novo local".

Ao final das obras de reforma, com vistas a essa necessária adaptação funcional, o Centro Administrativo será inaugurado pela prefeita Shirley Ferreira Targino Maia.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Em Patu

Missa encerrará mais uma Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis

Nesta quarta-feira, 21 de novembro, o povo de Patu e de várias partes do Estado do Rio Grande do Norte e de Estados vizinhos encerra as celebrações alusivas a Nossa Senhora dos Impossíveis, padroeira do Santuário de mesmo nome, popularmente conhecido como Santuário do Lima, localizado no meio da Serra de Patu, a alguns quilômetros da cidade.

Depois de dias de celebrações, vai chegando ao fim a 260ª Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis, certamente uma das mais antigas do Nordeste brasileiro.

Uma missa solene, a ser celebrada no Santuário do Lima na manhã deste dia 21, será o ato eucarístico de encerramento da Festa.

A importância da Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis para a fé do povo patuense e da região é tamanha que nesta quarta-feira, 21, será feriado no Município de Patu, com o fechamento de órgãos públicos diversos.