quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Opinião

Vergonhoso e imoral Agripino ter direito a aposentadoria de governador
Por Carlos Alberto Barbosa
É uma vergonha e uma imoralidade o senador José Agripino Maia (RN), presidente nacional do DEM, continuar a ter direito a uma gorda aposentadoria como ex-governador quando o governo Temer, a quem o senador apóia, apresenta uma medida de arrocho, sobretudo, para os servidores públicos alegando “medidas amargas” para conter o quadro recessivo que o país atravessa.
Detalhe: Agripino recebe aposentadoria como ex-governador de um estado que enfrenta dificuldades financeiras. O certo seria ele, Agripino, abdicar dessa aposentadoria.

O juiz da 4ª Vara Federal, Janilson Bezerra Siqueira, julgou improcedente pedido do Ministério Público Federal, para o parlamentar devolver mais de R$ 1 milhão referentes ao recebido pela aposentadoria que adquiriu desde 1995, com base em lei, como ex-governador.

O magistrado julgou improcedente por reconhecer a legalidade do recebimento anterior, mas determinou que o senador observe o teto constitucional.

Ah sei!
Carlos Alberto Barbosa é jornalista, graduado na UFRN e com passagens por Rádio Poti (Natal), Assessoria do Estado do RN, Diário de Natal, Radiobrás, Jornal de Hoje (Natal) e portal No Minuto. 
Fonte: www.blogdobarbosa.jor.br

Do Tio Colorau

Temer mantem no cargo ministro acusado de crime contra a Adm. Pública
Por Erasmo Firmino 
No último sábado, o ex-ministro da Cultura, Marcelo Carelo, revelou que pediu demissão pois não estava mais suportando as pressões exercidas pelo Secretário de Governo, ministro Geddel Vieira Lima, que queria a liberação, por parte do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), de uma construção em Salvador.
Geddel comprou um apartamento de luxo num imóvel a ser construído em área de grande valor cultural na capital baiana. A construção foi liberada pelo município, pelo Iphan estadual, mas foi embargada pelo Iphan nacional. Atuando com cristalino interesse próprio, o ministro vinha pressionando seu colega a desembargar a obra. Ao invés de ceder, Carelo decidiu pedir demissão.
Sabem o que o presidente Michel Temer fez? Passou a mão na cabeça do ministro Geddel, e ainda forçou os líderes dos partidos aliados a assinarem uma ridícula nota de apoio ao ministro. No caso relatado pelo ex-ministro, fica nítido o cometimento de dois crimes: concussão e advocacia administrativa.
O deputado Pauderney Avelino (DEM-AM), até dia desses um intransigente defensor da moral e dos bons costumes na política, disse que Carelo, provavelmente, não entendeu o jeito de Geddel. Que jeito, cara pálida? Não entendi o que quis dizer o arauto defensor da política honesta.
Com este episódio, percebemos que o presidente Michel Temer é conivente com a política suja, desde que seja na sua cozinha. Eita Florão da América sem jeito.
Fonte: www.tiocolorau.com.br

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Direito e Cidadania

OAB emite nota sobre interceptações telefônicas

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e o Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, ao tempo em que reiteram seu mais veemente apoio ao combate à corrupção - em qualquer esfera em que se dê, envolvendo quem quer que seja -, volta a repudiar práticas ilegais que, em seu nome, têm sido efetuadas.

Não se combate um crime com outro crime, sob pena de se desmoralizar a própria investigação – e a lei.

Por essa razão, repudiamos o inconstitucional vazamento das conversas entre o advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto e seu cliente, Anthony Garotinho, que acaba de ser denunciado pela mídia.

A OAB exige apuração imediata desse grave delito e punição exemplar de seus autores. Admitir agressão ao direito de defesa, não importa o pretexto, indica retrocesso aos tempos mais sombrios da ditadura militar, quando garantias fundamentais dos cidadãos eram frequentemente violadas. A sociedade brasileira lutou contra isso, triunfando sobre a exceção.

A advocacia não aceita que, na vigência do Estado democrático de Direito, se produza tamanha ignominia e, cientes do papel que nos cabe na defesa da lei e da democracia, afirmamos que adotaremos as medidas cabíveis para que sejam punidos os autores da ofensa a cidadania e a democracia. Não admitimos o princípio de que os fins justificam os meios. A democracia é o regime da lei – e fora dela, não há salvação.

Fonte: www.oab.org.br

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Efeitos do golpe de Estado

Banco do Brasil quer fechar 400 agências e demitir 18 mil
Banco do Brasil (BB) anuncia hoje uma grande reestruturação que reduzirá o número de agências e oferecerá um plano de aposentadoria incentivada para até 18 mil funcionários. Como a adesão ao plano é voluntária, o banco não tem uma estimativa oficial da economia que será feita. Simulações obtidas pelo Estado apontam uma economia total de R$ 2,7 bilhões no caso de adesão de 10 mil funcionários e de R$ 1,85 bilhão, com a adesão de 5 mil empregados. No cálculo, está incluído a economia com redução da estrutura física.
Os servidores que aderirem ao plano receberão 12 salários mais indenização pelo tempo de serviço, que vai de um a três salários. A despesa do BB com os atuais 109 mil funcionários é superior à média da dos concorrentes privados. No ano, até setembro, o BB gastou R$ 15 bilhões com pessoal, expansão de 5,3% ante mesmo período de 2015.
Fonte: www.aluisiodutra.blogspot.com.br

domingo, 20 de novembro de 2016

Cultura


Cia. Ciranduís proporciona vivência artística teatral


A Cia. Ciranduís através de seus integrantes Berg Bezerra e Libégna Bezerra proporcionou oficina de teatro sexta-feira, 18, e sábado, 19 de novembro de 2016, na Escola Estadual Waldemar de Sousa Veras, em Alexandria/RN.

O momento foi dividido em duas etapas, sendo que no primeiro dia as atividades aconteceram entre 13h e 20h e no segundo dia entre 07h e 12h. A turma foi formada com pelo menos 30 alunos com idades entre 11 e 15 anos.

A ação aconteceu pelo Projeto de Inovação Pedagógica – PIP e o convite partiu da direção da escola. Foi um dos melhores momentos de interação entre alunos, professores e facilitadores da oficina.

Texto e fotografia: www.ciranduis.blogspot.com.br.

sábado, 19 de novembro de 2016

Patu

Santuário realiza a sua 258ª Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis

A comunidade cristã-católica da Paróquia de Patu está novamente em momento de maior oração, desta feita celebrando a 258ª Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis, padroeira do Santuário de mesmo nome, localizado na Serra do Lima, uma parte especial da Serra de Patu.

Na edição 2016 da Festa, os cristãos-católicos fazem suas orações refletindo o tema "Mãe dos Impossíveis, ajudai-nos a redescobrir a alegria da ternura de Deus".

Depois de ter atos religiosos realizados em diversas outras igrejas da Paróquia de Patu e de outras áreas pastorais, a Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis se concentrou desde esta sexta-feira, 18 de novembro, no próprio Santuário do Lima.

A Festa da Santa dos Impossíveis, que contou também com moto-romaria, será encerrada na próxima segunda-feira, dia 21 de novembro, com procissão e celebração eucarística.

Município terá feriado

O dia 21 de novembro é feriado no Município de Patu. É o dia dedicado a Nossa Senhora dos Impossíveis, padroeira do Santuário do Lima.

Embora Patu tenha como padroeira Nossa Senhora das Dores, o Município vive o ano inteiro as muitas romarias realizadas no Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, localizado na Serra do Lima.

Portanto, na próxima segunda-feira, 21, órgãos públicos e o comércio de Patu estarão fechados.

Fé e tradição

Povo messiense festeja a sua padroeira

Teve início nesta sexta-feira, 18 de novembro, e seguirá até o próximo dia 27, a Festa de Nossa Senhora das Graças, padroeira de Messias Targino.

A festa religiosa da comunidade cristã-católica messiense teve início com buzinaço, procissão, hasteamento de bandeiras e celebração eucarística na Capela de Nossa Senhora das Graças.

Na sequência, a programação consta de novena todas as noites, na Capela que leva o nome da padroeira. No dia 27, uma procissão pelas ruas da cidade e uma missa de encerramento serão os últimos atos do evento.

Antes de iniciada oficialmente, a Comissão Organizadora da Festa realizou a chamada pré-festa, iniciada no dia 9 de novembro. Os atos de preparação à Festa constaram de missas em comunidades rurais e cavalgada.

Festa tem quermesse e apresentações culturais

Mantendo a tradição, a Comissão Organizadora da Festa de Nossa Senhora das Graças manteve na programação do evento a sua parte social e cultural.

No Pátio Catequista Maria José de Souza realiza-se todas as noites a chamada quermesse da Festa, com a apresentação de grupos culturais e artistas musicais.

Toda a renda obtida com a parte social e cultural da Festa será revertida em prol da Capela de Nossa Senhora das Graças.

Aliás, a Capela encontra-se bastante modificada - para melhor - tanto na sua parte externa quanto na sua parte interna, o que é fruto das muitas campanhas de arrecadação financeira.

Para o desenvolvimento da programação sócio-cultural da Festa, a Prefeitura de Messias Targino dá apoio de estrutura e também apoia os grupos culturais locais, enquanto a iniciativa privada patrocina algumas atrações musicais.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Reconhecimento

Poeta Antônio Francisco receberá título de cidadão natalense
A notícia está no Blog de Carlos Santos (clique aqui). O poeta mossoroense Antônio Francisco será também cidadão de Natal.
A comenda será entgregue na próxima sexta-feira (18 de novembro), no Plenário da Câmara Municipal de Natal, em sessão prevista para iniciar às 9 horas e 30 minutos, quando o poeta mossoroense Antônio Francisco receberá o título de cidadão natalense.
A propositura, aprovada pela Câmara Municipal da Capital potiguar, é do vereador George Câmara (PCdoB)
Antônio Francisco, graduado em História pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, é casado com pessoa de Patu e também atuou por muitos anos no ramo de uma pequena oficina.

Embora fosse apologista da poesia popular e de tradições serfanejas antigas, somente há alguns anos despertou para escrever cordeis, passando a ganhar vida a partir de então do seu dom poético.

Antônio é membro da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel e da Academia Brasileira de Literatura de Cordel - ABLC, ocupando atualmente a cadeira que pertencia ao poeta cearense Patativa do Assaré.

A sua obra, da qual constam cordéis conhecidos como "Dez cordéis num cordel só", dentre outros, foi objeto de prova do Processo Seletivo Vocacionado - PSV (vestibular) da UERN por muitos anos.

Apesar de ser atualmente um poeta conhecido a nível nacional, Antonio Francisco mantém a simplicidade que sempre o caracterizou.

Do Blog de Gutemberg Moura

Potiguar elege novo presidente e decide disputar Campeonato Estadual de 2017


Uma boa notícia para os torcedores do Potiguar de Mossoró: a equipe vai participar do Campeonato Estadual de 2017. A confirmação aconteceu na noite desta segunda-feira (14), logo após a escolha do novo presidente do clube, o empresário Marcos Antônio Fernandes (Marcos da Prest).

Marcos, que já integrava o Conselho Deliberativo do Potiguar, aceitou o desafio de presidir o Alvirrubro na temporada de 2017. O seu vice será Altanir Fernandes. Já nesta terça-feira (15), a nova Presidência do time Príncipe se reúne para iniciar o planejamento para o Estadual.

O Campeonato começará em janeiro. O Potiguar estreará contra o Assu, em Mossoró, isto se até lá o estádio Nogueirão for liberado para receber jogos pelo Corpo de Bombeiros.

Fonte: www.gutembergmoura.com.br

Opinião

Para a choldra incauta espernear
Por Carlos Alberto Barbosa
Dedico o texto hoje à choldra incauta que vive a “secar” o ex-presidente Lula para que ele seja preso pelo todo poderoso juiz Sérgio Moro. Para estes que não lêem ou fingem não saber das coisas, digo que duas ações de indenização por dano moral marcam o início de uma ofensiva dos advogados do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva contra seus acusadores.
A primeira trata-se de uma ação de indenização por danos morais – no valor de R$ 1,5 milhão –  contra o ex-senador Delcídio do Amaral por este ter mentido em “delação premiada” procurando envolver Lula na tentativa dele próprio de manter em silêncio Nestor Cerveró, seu  amigo e ex-subordinado na Petrobras.
Como Cerveró e todas as demais pessoas citadas por Delcídio disseram em depoimentos desconhecerem  qualquer ação de Lula para favorecer negócios ou mesmo para obstruir as investigações do caso e o ex-senador não apresenta prova alguma de suas acusações – embora a Justiça Federal tenha achado que isso basta para tornar alguém réu em um processo – terá de responder por isso, senão na esfera criminal, ao menos na cível, numa vara do Fórum de São Bernardo do Campo, local de moradia de Lula e foro adequado para ação de danos morais.
A segunda, que ainda será apresentada, é contra a publicação semanal IstoÉ que antecipou sua edição para dizer que, na delação de Marcelo Odebrecht, este teria dito que Lula recebeu dinheiro dele, em espécie.  Não diz, entretanto, nem quanto, nem a que título e nem dizem a razão, até porque não haveria ato de ofício que pudesse ser praticado por Lula dois anos ou três depois de ter saído da Presidência.
No seu site, o ex-presidente reclama que  a “má-fé da revista é tão evidente que os autores sequer procuraram a defesa ou a assessoria do ex-presidente antes de publicar a mentira”e que não a publicação não apresentou quaisquer documentos, referindo-se a uma suposta delação que estaria em absoluto sigilo e que, por isso, nem mesmo se pode saber o que nela se contém.
E, contendo algo, o que se tem para provar o que se diz, porque para sair da cadeia depois de quase dois anos, ou para livrar dela o filho ou para salvar um império empresarial diz-se qualquer coisa se isto lhe é exigido.
Pergunto a choldra: se Lula estivesse mesmo envolvido em qualquer destas denúncias que estão mais para ilações do que para a verdade, ele já não estaria atrás das grades não? Sim, porque nem foro privilegiado Lula tem mais. Não é presidente, nem tem mandato parlamentar. O que estaria faltando então para Lula ser preso? Alguém com imaginação fértil saberia dizer?
Ora,ora,ora, Srs, deixemos de ser hipócritas. Deixemos de bater palmas para os barões famintos.
A conferir!
Fonte: www.blogdobarbosa.jor.br